arquivos do blog

me sigam no instagram

Instagram
Copyright © 2012 Ufologia News. Tecnologia do Blogger.

seguidores

Foto: EPA
Do Jornal i

Especialista em sinais de vida extraterrestre explica porque é que este tipo de incidentes não são considerados válidos para a ciência

Não é uma daquelas notícias falsas a circular na internet. No site oficial da polícia de Bremen, no Norte da Alemanha, foram publicados ontem quatro comunicados à imprensa. Entre o roubo de jóias a uma idosa, um furto falhado a um quiosque e o ataque a um distribuidor de pizzas, surgia o insólito: polícia abriu investigação a um OVNI. O caso aconteceu na segunda-feira pelas 18h30, lê-se na nota: "O controle de tráfico do aeroporto de Bremen informou a polícia de que havia um objeto não identificado nos céus de Bremen. O mesmo foi observado por uma patrulha numa viatura. Foi requisitado um helicóptero que vasculhou os céus à procura do OVNI, mas não o encontrou. A busca acabou pelas 20h45." Agora está aberta uma investigação e a polícia pede fotografias e vídeos do incidente.

Henning Zanetti, porta-voz da polícia germânica, confirmou ao Jornal i que para já as opções estão todas em aberto, embora ninguém esteja a pensar em extraterrestres. Um drone é uma das hipóteses em cima da mesa, mas a polícia local, a cargo da ocorrência, está articulada com o exército e até ontem não havia qualquer informação pública sobre o assunto. "Até à data não recebemos fotografias ou vídeos", disse Zanetti, garantindo que o objeto foi observado por polícias e durante três horas surgiu no radar do aeroporto. "Pelo que sabemos, é o primeiro incidente do género." Em declarações ao "Bild", outro porta-voz da polícia de Bremen contou que o objeto, que parecia um helicóptero, mas não fazia barulho, esteve parado sob o estádio local e desapareceu nas nuvens antes de ser identificado. Já em declarações ao jornal local "Weser Kurier", a porta-voz da empresa que gere o tráfico aéreo na Alemanha informou que o objeto tinha luzes vermelhas e verdes.

Mais do que ter provas de vida alienígena, a polícia quer apanhar o responsável pela intrusão no espaço aéreo que cancelou dois voos e pode ser punido com pena de prisão até cinco anos.

O mesmo entendimento não tem a comunidade dedicada à pesquisa de vida extraterrestre, que ontem listava o episódio como o primeiro avistamento do ano. Douglas Vakoch, especialista do Instituto SETI, a organização não governamental que nos EUA se dedica à pesquisa científica de sinais de vida extraterrestre, sublinhou que não há qualquer evidência de que o objeto observado em Bremen seja de origem extraterrestre e as luzes vermelhas e verdes apontam para um avião. "Infelizmente, a polícia foi atrás e não conseguiu encontrar nada. Provavelmente a coisa mais concreta que se pode dizer sobre o incidente é que interferiu com os voos de uma série de passageiros", brinca Vakoch. Num instituto onde o assunto é sério, Bremen não gera entusiasmo. "É muito difícil discernir de forma precisa a distância ou velocidade de objetos no céu noturno. Quando não há observações fiáveis, é difícil determinar o objeto. Uma das regras basilares dos cientistas que procuram vida fora da Terra é que os dados possam ser confirmados por grupos independentes de investigadores e as ocorrências efémeras de Bremen não cumprem esse requisito."

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

previsão do tempo