arquivos do blog

me sigam no instagram

Instagram
Copyright © 2012 Ufologia News. Tecnologia do Blogger.

seguidores

Exoplanetas em zonas habitáveis podem ter luas rochosas e com água
Do TecMundo


Quinze novos planetas foram identificados nas zonas habitáveis de estrelas diversas. A descoberta foi realizada por voluntários liderados pela Universidade de Oxford e, junto com outros 19 planetas com características semelhantes e descobertos previamente, esses também possuem um clima propício para possuir água em sua forma líquida, não sendo frios e nem quentes demais. De acordo com o Dr. Chris Lintott, da Universidade de Oxford, existe uma espécie de obsessão na procura por planetas semelhantes à Terra, mas isso tem levado a comunidade científica a chegar a algumas conclusões não muito comuns, como a possibilidade de que luas do tamanho da Terra sejam mais propícias a abrigar vida. “Júpiter possui muitas luas ricas em água, imagine, então, arrastar esses sistemas para a região confortável onde a Terra se encontra. Se esse planeta tivesse luas do tamanho da Terra, nós não veríamos satélites como Europa e Calisto, mas sim verdadeiros mundos com rios, lagos e todos os tipos de habitats, um cenário surpreendente e que poderia ser muito comum”, explica Lintott.
Descobertas realizadas pela internet
Uma peculiaridade dessa descoberta é o fato de que os planetas não foram observados diretamente pelos seus descobridores, mas sim por meio de um sistema online conhecido como Planet Hunters. Nesse site, voluntários procuram variações suspeitas do brilho de estrelas que podem estar sendo eclipsadas por planetas que as orbitam. Um desses 15 exoplanetas possui dimensões similares às de Júpiter e orbita uma estrela semelhante ao nosso Sol. Batizado de PH2 b, esse corpo celeste já foi confirmado como planeta com uma probabilidade de 99,9% de certeza, já que foi também verificado com o telescópio Keck, no Havaí.

Projeto Planet Hunters permite que voluntários descubram planetas pela internet
O líder de pesquisa Dr. Ji Wang, da Universidade de Yale, disse que é possível especular sobre a possibilidade de o PH2 b possuir luas rochosas e propícias para o surgimento de vida. Já Chris Lintott comenta que “esses são planetas que passaram batido pelos olhos atentos dos profissionais e, depois, foram resgatados por voluntários munidos de navegadores web. É notável pensar que hoje qualquer pessoa pode descobrir um planeta”. Um relatório sobre as descobertas já foi enviado para o Astrophysical Journal e, agora, está disponível por meio da plataforma arxiv.org.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

previsão do tempo