arquivos do blog

me sigam no instagram

Instagram
Copyright © 2012 Ufologia News. Tecnologia do Blogger.

seguidores

Ruínas do observatório astronômico maia
Da Band

Autor do livro “Civilização Maia”, historiador Marcelo Lambert diz que maias devem ser reconhecidos pela capacidade de construir obras
Os mistérios da civilização maia vão além de seu calendário da suposta teoria do fim do mundo para o próximo dia 21 de dezembro. Alguns pesquisadores sustentam a tese, apesar de não possuir provas científicas, de que parte do conhecimento maia foi obtido através de um contato com criaturas extraterrestres. Os povos maias impressionavam pela magnitude de seu calendário e pela exatidão matemática na construção de grandes obras, como o observatório astronômico e a pirâmide de Kukulcán nas ruínas do Chichén Itzá, em Yucatán, no México, criada no século XII d.C.. Para se ter uma ideia da complexidade, o vídeo abaixo, extraído do YouTube, mostra o fenômeno do equinócio da primavera e de outono (períodos em que o dia e a noite têm a mesma duração).
Veja o vídeo abaixo
Fonte do vídeo:  


A sombra do deus serpente Kukulcán “desce” do topo da pirâmide em um fenômeno matematicamente calculado para captar a luz solar. Milhares de pessoas se reúnem nos equinócios de março e de setembro para acompanhar a chegada de Kukulcán.
Alguns dos historiadores que trabalham como guias turísticos no Chichén Itzá alegam que seria impossível para os maias conseguir “conhecimento”, na época, para construir uma obra como a pirâmide de Kukulcán. Eles sustentam a possibilidade de contatos com extraterrestres.
Mas para o historiador brasileiro Marcelo Lambert, autor do livro “Civilização Maia”, não existe nenhuma prova científica de contato dos maias com extraterrestres. “Não tenho condições de afirmar se existe ou não vida fora da Terra. Não concordo com a teoria de que os maias tiveram algum vínculo com extraterrestres. Acredito na capacidade humana de realização”.
Lambert afirma também que muitos desmerecem os feitos maias com as alegações. “Isso é até um perigo de tirar o valor desses povos de realizar as coisas, seja maia, inca ou asteca. Respeito a ufologia, mas dizer que os maias tiveram ajuda de extraterrestres é ser pautado por um argumento sem base científica para defender a teoria.
Crânio achatado
Os historiadores que defendem a tese de que os maias tiveram contatos com extraterrestres também alegam o fato de que o achatamento do crânio era praticado na civilização. Estudos dizem que a prática era feita para estimular o pensamento e, também, se aproximar de Kukulcán, que teria o crânio alongado. Outros, no entanto, dizem que as modificações foram feitas após adquirirem conhecimentos além da Terra.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

previsão do tempo