arquivos do blog

me sigam no instagram

Instagram
Copyright © 2012 Ufologia News. Tecnologia do Blogger.

seguidores

Em novembro, enquanto no Brasil os agroglifos de Santa Catarina esquentavam os debates em torno da ação de inteligências cósmicas na Terra, nos Estados Unidos a polêmica era outra — mas igualmente acirrada. Na sexta-feira, dia 04, o Escritório de Políticas de Ciência e Tecnologia daquele país [Office of Science and Technology Policy, OSTP] respondeu a dois abaixo-assinados publicados no site oficial do governo, causando grande decepção e um tanto de revolta dos ufólogos norte-americanos — como de outras partes do mundo. Ambas as iniciativas visavam pedir à Administração Obama que abrisse seus arquivos secretos sobre UFOs e revelasse o que sabe à nação. Um deles foi elaborado pelo ativista ufológico e consultor da Revista UFO Stephen Bassett, dirigente do Paradigm Research Group (PRG).

A resposta do governo veio na forma de um comunicado emitido pelo funcionário Phil Larsen, especialista em política espacial e comunicações do OSTP, intitulada Estamos Procurando ETs, Mas Ainda Não Temos Evidências Deles. O texto foi publicado no espaço reservado às respostas aos abaixo-assinados — ou petições, como são conhecidos nos EUA — publicados no site da Casa Branca, We the People [www.whitehouse.gov], um canal de comunicação com a sociedade. Qualquer pessoa pode publicar ali sua petição ao governo, desde que razoável, mas para que a mesma seja sequer considerada digna de discussão, deve atingir pelo menos 25 mil assinaturas — a petição do PRG atingiu apenas 12 mil, mas mereceu a resposta.

Larsen e a equipe do Escritório de Políticas de Ciência e Tecnologia não poderiam ter sido mais infelizes em sua resposta às 12 mil pessoas que pediam ao governo maior transparência no lido com o Fenômeno UFO. Ora, sabe-se que os Estados Unidos já estabeleceram dezenas de projetos de investigação ufológica nas últimas cinco décadas, alguns secretos e outro pretensamente públicos — esses com o objetivo de levar a nação a crer que o tema é desprovido de importância, que os UFOs não existem ou que, se existirem, não são uma ameaça à segurança nacional do país. Na verdade, o que resultou de tais projetos foi uma quantidade gigantesca de informações sobre a ação na Terra de outras espécies cósmicas — dados que evidentemente permanecem longe dos olhos do público.

“Se qualquer agência dos Estados Unidos ou mesmo a Administração Obama hoje admitir pelo menos uma parte do que sabe sobre discos voadores e extraterrestres, haverá uma imensa comoção no país”, avaliou o cirurgião californiano Roger Leir, autor de Implantes Alienígenas.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

previsão do tempo